5 lições de vida que você aprende com os hobbits

Se você não leu ou assistiu a trilogia Senhor dos Anéis e o recém lançado O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, você está perdendo um mundo fantástico de aventuras criado pelo escritor J. R. R. Tolkien. Os heróis dessas histórias são os hobbits, criaturas que em muito se assemelham aos homens, mas que são pequenos, aventureiros e com muito a ensinar.

Confira 5 lições de vida que você aprende com os hobbits:
1. Amigos são importantes 
Durante toda a sua jornada, Frodo e Bilbo Bolseiro estão rodeados de amigos que os ajudam a superar os seus obstáculos. Sem esses amigos, eles provavelmente não teriam sobrevivido. Mantenha os seus amigos por perto, pois você nunca sabe quando precisará deles para enfrentar gigantes de pedra (ou algum desafio ordinário).
 2. Dinheiro não é o mais importante na vida 
No filme O Hobbit, nós aprendemos que os anões preferiam morrer de fome a compartilhar as suas riquezas. Mas quando o líder dos anões, Thorin, quando estava em seu leito de morte, percebeu que isso não era bom. Ele diz que o mundo seria um lugar melhor se eles valorizassem a comida, a alegria e as canções mais do que o ouro. E isso é verdade. O dinheiro não traz felicidade, por mais clichê que seja a afirmação.
 3. Não julgue um livro pela sua capa 
Ou melhor, não julgue uma pessoa pela sua estatura. Frodo pode ser pequeno, mas ele foi capaz de completar a sua tarefa de destruir o anel quando outros homens maiores e mais fortes não conseguiram. É a sua vontade, determinação e paixão que vai levar você ao sucesso, e não a sua aparência ou tamanho.
 4. Aprecie as coisas pequenas 
Em uma das cenas de O Senhor dos Anéis, Frodo e os seus amigos conhecem Aragorn em um bar na cidade de Bree. Um dos hobbits pede uma cerveja e fica completamente feliz quando ela chega em um copo cheio. Apreciar as pequenas coisas na vida, por mais bobas que elas pareçam, faz com que os dias não pareçam tão difíceis.
 5. Diga sim para aventuras 

Bilbo Bolseiro não estava procurando por uma aventura em O Hobbit. Mas uma vez que ele começou a sua jornada, ele terminou com uma riqueza que ele usou para ajudar a sua família e amigos. Logo, ele ficou feliz e satisfeito. Se você disser não para tarefas desconhecidas, você pode perder o grande prêmio da experiência e felicidade.

Fonte: Universia
Leia TUDO

Diretor de "Debi & Loide 2" fala sobre o novo filme, "É uma pequena obra prima"

Em uma entrevista ao podcast do site Nerdist, Peter Farrelly falou com bastante empolgação sobre o roteiro da continuação de "Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros", que garantiu financiamento pela Universal. Peter, além de escrever, divide também a cadeira de diretor com seu irmão, Bobby.
"É tão bom que faz o primeiro ficar ainda melhor. Levamos dois anos para terminar. Não queríamos fazer a menos que fosse tão bom quanto o primeiro. Não queríamos apenas reciclar piadas do primeir e, você sabe, não fomos nós que fizemos `Debi & Lóide 2 - Quando Debi Conheceu Lóide`."
Peter também falou um pouco do que podemos esperar do filme: "Começamos em Rhode Island e explicamos o que eles estiveram fazendo nos últimos 18 anos. E então algo interessante acontece e rapidinho caímos na estrada. Quando você vir o segundo, o original fia melhor porque você aprende coisas no segundo que até percebe no primeiro, mas não tinha entendido. Por exemplo, sem entregar muito, Debi sempre consegue se vingar."
A ideia da trama é que Débi, o personagem de Jeff Daniels, descubra que tem uma filha. Junto de Loide, interpretado por Jim Carrey, voltam a cair na estrada porque precisam que ela doe um rim para o pai. E, claro, no caminho irão aprontar altas confusões.
Ler Mais

Bruce Willis confirma Duro de Matar 6 e diz ser contra o controle de armas nos EUA

De acordo com Bruce Willis, a continuidade da franquia Duro de Matar está garantida. Questionado se haverá um sexto filme da série durante sua participação no programa One Show, da BBC, ele foi bastante direto: “Sim”, respondeu.
Mas este não foi o maior destaque entre as declarações recentes do ator, que, ao falar à Associated Press, se posicionou totalmente contra o controle de armas nos Estados Unidos, discussão levantada após as tragédias na escola Sandy Hook, em Newtown (Connecticut), e em um cinema em Aurora (Colorado).
“Eu acho que você não pode começar a retirar coisas da Declaração dos Direitos dos EUA sem pensar que tudo vai se desmanchar. Se você retirar um item ou mudar uma lei, então porque eles não tirariam todos seus direitos de você? Não há forma de legislar contra a insanidade”, argumentou.
Willis defendeu ainda que os filmes de sua franquia não têm uma influência negativa e jamais poderiam ser culpados por tragédias como as que ocorreram nos últimos meses. “Ninguém comete um crime porque viu um filme. Não há base que sustente isso. Não estamos fazendo filmes sobre pessoas que ficaram descontroladas ou surtaram. Esse tipo de filme não iria muito longe”.
Ler Mais

Com Tóquio como cenário, Duro de Matar 6 já tem título e roteirista confirmados

Depois de Bruce Willis sinalizar que a franquia não iria se encerrar em Duro de Matar: Um Bom Dia Para Morrer, o site Total Film confirma que um sexto filme não apenas já tem roteirista contratado, mas também um título.
Die Hardest está sendo escrito pelo roteirista inglês Ben Trebilcook, que no passado chegou a apresentar um projeto para Duro de Matar 4, no qual John McClane (Willis) iria combater terroristas ao lado da filha, Lucy.
E se detalhes da história ainda não são conhecidos, pelo menos o cenário já foi revelado. A ação deve começar em Nova York, mas logo depois será transferida para Tóquio, onde McClane vai passar a maior parte do filme.
“(O roteiro) é extremamente fiel à franquia e aos personagens e é uma evolução natural. Ele também é bastante plausível”, garantiu ao site o roteirista, que conseguiu a vaga após conhecer o produtor Larry D. Webster durante seu trabalho em Knockout, filme de artes marciais baseado em videogames.
Empolgado, Trebilcook chegou, inclusive, a fazer uma comparação, tentando situar o papel de Die Hardest na série. “Sinto que ele poderia ser o Rocky Balboa da franquia Duro de Matar”, disse ao site, citando o longa que reviveu o personagem de Sylvester Stallone 16 anos após Rocky V.
Lançado em fevereiro deste ano, Duro de Matar: Um Bom Dia Para Morrer já faturou mais de US$ 300 milhões e, por enquanto, fica atrás apenas de seus dois antecessores. Duro de Matar – A Vingança, lançado em 1995, conquistou US$ 366 milhões, enquanto Duro de Matar 4.0, de 2007, chegou a US$ 383 milhões.
Ler Mais

Bebidas energéticas devem ser consumidos com cuidado

Bebidas energéticas, geralmente, possuem em sua composição, além de carboidratos:
- Taurina: é um aminoácido que participa de funções fisiológicas importantes, como a excreção rápida de produtos tóxicos no organismo. Não se conhece bem os efeitos de seu consumo sobre nossa saúde em longo prazo.
- Glucoronolactona: é um carboidrato que possui função desintoxicante e auxilia na metabolização de substâncias.
- Cafeína: acelera a cognição, diminuindo a fadiga e aumentando o estado de vigília.
- Inositol: esse isômero da glicose previne o acúmulo de gordura no fígado e melhora a comunicação cerebral, a memória e a inteligência.
- Vitaminas: as principais encontradas nos energéticos são a niacina, B6, B12, riboflavina e ácido pantotênico. Sua presença está relacionada à reposição das doses recomendadas.
A união desses componentes resulta em uma bebida agradável ao paladar e que proporciona energia e ausência de sono para diversas atividades: desde horas extras de estudo à maior disposição para curtir uma festa. Uma única latinha é capaz de garantir esses efeitos por até três horas, dependendo do organismo da pessoa. Assim, não é difícil compreender o porquê de seu consumo, entre 2006 e 2010, ter aumentado mais de 300%, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (ABIR).
Apesar desses efeitos, os energéticos devem ser consumidos esporadicamente e com moderação, já que mascaram a fadiga do indivíduo, provocam insônia e podem aumentar significantemente a frequência cardíaca. Além disso, níveis muito elevados de cafeína podem desencadear em crises epilépticas, derrame cerebral e até mesmo morte. A bebida também é capaz de acelerar a perda de cálcio e magnésio pelo organismo, resultando em câimbras e, em longo prazo, osteoporose; e tem alto poder de provocar dependência, o que pode vir a ser um problema significativo.
Ingeridas ou misturadas juntamente com bebidas alcoólicas, essas bebidas podem provocar a desidratação, já que a cafeína e o álcool são substâncias diuréticas. Essa mistura também pode intensificar os efeitos do álcool, mas mascarando seu estado de embriaguez, já que a pessoa se sente bem menos sonolenta do que usualmente aconteceria. Isso permite com que a pessoa não tenha dificuldade em beber muito além da conta, criando uma maior tendência a comportamentos de risco.
Considerando o exposto, fica a dica: nunca consuma mais de duas latinhas de energético em um mesmo dia e evite misturar essa bebida com as alcoólicas. Caso o faça, defina anteriormente, e de forma sensata, a quantidade máxima dessas substâncias que irá tomar, e cumpra esse compromisso, ingerindo bastante água nos intervalos. Nesta situação, não dirija!
Mulheres grávidas jamais devem usar energéticos, já que tal ato pode provocar aborto espontâneo ou nascimento de bebê de baixo peso.

Curiosidade:
As bebidas energéticas não cumprem o mesmo objetivo que as bebidas esportivas, também chamadas de isotônicos. Estas bebidas à base de água, sais minerais e carboidratos têm a função de repor líquidos, eletrólitos e carboidratos que costumam ser perdidos, principalmente, através do suor, durante atividades físicas intensas, como corridas competitivas.
Ler Mais

Qual é a diferença entre Psiquiatra, Psicólogo e Psicanalista?

O termo “psi”, bastante utilizado pelas pessoas, muitas vezes pode ser permeado de confusão quanto aos significados, principalmente quando se refere aos profissionais indicados por este termo: psiquiatra, psicólogo ou psicanalista.
O psiquiatra é um profissional da medicina que após ter concluído sua formação, opta pela especialização em psiquiatria. Esta é realizada em 2 ou 3 anos e abrange estudos em neurologia, psicofarmacologia e treinamento específico para diferentes modalidades de atendimento, tendo por objetivo tratar as doenças mentais. Ele é apto a prescrever medicamentos, habilidade não designada ao psicólogo. Em alguns casos, a psicoterapia e o tratamento psiquiátrico devem ser aliados.
O psicólogo tem formação superior em psicologia, ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos, razão) e o comportamento humano. O curso tem duração de 4 anos para o bacharelado e licenciatura e 5 anos para obtenção do título de psicólogo. No decorrer do curso a teoria é complementada por estágios supervisionados que habilitam o psicólogo a realizar psicodiagnóstico, psicoterapia, orientação, entre outras. Pode atuar no campo da psicologia clínica, escolar, social, do trabalho, entre outras.
O profissional pode optar por um curso de formação em uma abordagem teórica, como a gestalt-terapia, a psicanálise, a terapia cognitivo-comportamental.
O psicanalista é o profissional que possui uma formação em psicanálise, método terapêutico criado pelo médico austríaco Sigmund Freud, que consiste na interpretação dos conteúdos inconscientes de palavras, ações e produções imaginárias de uma pessoa, baseada nas associações livres e na transferência. Segundo a instituição formadora, o psicanalista pode ter formação em diferentes áreas de ensino superior.
Ler Mais

Busca Implacável 3 seguirá numa direção diferente, segundo roteirista

Em entrevista ao Hollywood.com, o roteirista Robert Mark Kamen diz que a 20th Century Fox já pediu Taken 3. "Não falamos sobre isso até ver os primeiros números [de bilheteria]. Daí conversamos, 'ok, acho que temos que fazer um terceiro'. E a Fox quer que nós façamos."
Kamen já pensa na premissa do terceiro filme: "Nós já sequestramos todo mundo que podíamos. Agora precisamos seguir numa direção diferente".
Já o Collider ouviu de Neeson o oposto. "Acho que este [segundo filme] é o fim. Quero dizer, quantas vezes ela [a filha de seu personagem] pode ser sequestrada? Depois disso já vira um caso de má paternidade", comentou o ator. Muita negociação ainda deve acontecer em breve.
Ler Mais

Colesterol: a ação do fitoesterol

Colesterol é uma substância essencial para o nosso organismo, originada de duas formas: uma parte produzida pelo próprio organismo (fígado) e outra parte obtida através da alimentação, em particular pelos alimentos de origem animal como carnes, ovos, e produtos derivados do leite.
O colesterol é necessário para formação e manutenção das membranas celulares, para o metabolismo das vitaminas lipossolúveis, incluindo as vitaminas A, D, E e K. Também é o principal precursor para a síntese de vitamina D e de vários hormônios esteroides.
Existem dois tipos de colesterol, o LDL e HDL. O LDL (lipoproteínas de baixa densidade) é conhecido como colesterol ruim, por ser responsável pelo transporte do colesterol do fígado para as células de vários outros tecidos do corpo e por favorecer a formação de placas ateroscleróticas nos vasos sanguíneos.
O HDL (lipoproteínas de alta densidade) é conhecido como colesterol bom, por ter a capacidade de absorver os cristais de colesterol que estão iniciando sua aderência nos vasos sanguíneos.
O excesso de "colesterol ruim" (LDL) dentro do vaso sanguíneo se liga a partículas circulantes no sangue formando as placas ateroscleróticas, que se fixam na parede do vaso obstruindo parcial ou totalmente o fluxo de sangue, podendo causar acidentes vasculares graves ou fatais, tais como: infartos, AVC e outros.
Para contribuir com a diminuição do índice de colesterol (LDL) no sangue e consequentemente dos agravantes decorrente do seu excesso, foram pesquisados diversos métodos de tratamento e prevenção. Dentre esses métodos, foi descoberto o FITOESTEROL, substância não produzida pelo organismo, e sim obtida de maneira exógena através de fontes vegetais.
A ingestão do Fitoesterol auxilia na redução da absorção do colesterol. Ele atua no intestino, ligando-se nas células intestinais onde se ligaria o colesterol e desta forma diminuindo sua absorção. A ingestão de fitoesterol em concentrações diárias acima de 1,0 gramas gera benefícios cardiovasculares.
Ler Mais

Uma vida sem acne

Recentemente, uma pesquisa realizada pela Ipson Marketing, com 1200 jovens, apontou que 89% dos jovens com idades entre 13 e 23 anos sofrem com a acne - problema de pele que geralmente surge no começo da adolescência, por conta das mudanças hormonais que estimulam a produção de queratina e, como consequência, a obstrução dos poros.
Apesar de serem os mais atingidos, a acne não acomete apenas os adolescentes. Todas as faixas etárias - incluindo bebes - são suscetíveis ao problema. "Acne da mulher adulta", por exemplo, é a denominação da forma de acne vista em mulheres estressadas, entre 25 e 35 anos, que apresentam oleosidade excessiva na pele e cujos sintomas pioram perto da menstruação.
Altos níveis de umidade e suor e dietas ricas em açúcar são também vilões quando o assunto é acne.
Para tratar a acne, farmácias e drogarias disponibilizam uma gama de produtos em gel, cremes, pomadas, etc. Dentre eles, destacam-se os que possuem o peróxido de benzoíla em sua formulação, um dos componentes mais eficazes no tratamento do problema. "A substância tem alção queratolítica, que influencia nos tampões de queratina que provocam os cravos e espinhas. Isso sem contar sua ação bactericida e antisséptica, e seu preço acessível", diz Luciano Moreira Bucheb, gerente de marketing da linha Acnase.
Algumas medidas ajudam a controlar o problema, e a limpeza correta é o primeiro passo. Outras medidas, como não espremer, apertar ou coçar as espinhas, além de manter uma alimentação saudável, são importantes no controle e tratamento da acne.
Ler Mais

8 livros polêmicos

Os livros têm um poder inegável. Um bom livro pode trazer alegrias, inspirar mudanças de vida, desenvolver o senso crítico e levar a reflexão. A grande importância dos livros é que eles expressam ideias que são fundamentais para a humanidade. Eles representam nossas lutas, apresentam pontos de vista desafiadores e nos estimulam a desenvolver nossos conceitos. No entanto, algumas pessoas acreditam que certas questões nunca devem ser exploradas.

1. A Origem das Espécies, de Charles Darwin
Você pode argumentar que a ciência não é um tema ofensivo, mas isso não impediu que a imortal teoria de Charles Darwin sobre a evolução e seleção natural fosse considerada polêmica. As instituições cristãs condenaram o livro, uma vez que ele contradiz a visão criacionista. O próprio Darwin não acreditava que a evolução e a noção de um criador eram mutuamente exclusivas, mas este ainda é um tema polêmico.

2. O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger
A obra conta a história de um jovem de 16 anos que luta contra a angústia adolescente e lamenta o mundo ao seu redor. No livro existem muitas passagens sobre cigarro e álcool, e uma boa dose de blasfêmia e atitudes subversivas. Nos Estados Unidos, um professor de Inglês foi demitido por indicar a obra para leitura.

3. Os 120 Dias de Sodoma, de Marquês de Sade
Basicamente, o livro retrata a exploração do lado mais escuro da natureza humana e, especialmente, de perversão sexual. Na obra, quatro libertinos franceses capturam algumas adolescentes, e durante 120 dias torturam, humilham e estupram as jovens. Este livro foi recentemente banido na Coréia do Sul, e não foi publicado na Grã-Bretanha até 1954, apesar de ter sido escrito no século XVIII.

4. O Amante de Lady Chatterley, de D. H. Lawrence
O livro detalha momentos eróticos da protagonista com seus guardas, e foi considerado demasiadamente explícito e obsceno, ao ser publicado. No entanto, a editora Penguin ganhou o caso judicial e a obra de D. H. Lawrence foi um bestseller. A vitória foi um momento histórico para a indústria editorial, porque a censura de livros tornou-se mais difícil a partir deste momento.

5. Lolita, de Vladimir Nabokov
No livro, o narrador se casa com uma mulher para ter acesso à sua filha. Depois de seu lançamento em 1955, este livro foi proibido na França, Inglaterra, Nova Zelândia e Argentina.

6. Os Versos Satânicos, de Salman Rushdie
Publicado em 1988, "Os Versos Satânicos" é considerado controverso por causa de suas atitudes em relação ao Islã. Rushdie se refere a Maomé como "Mahound", o que essencialmente significa demônio. Cópias foram queimadas, vários protestos foram realizados e até mesmo um tradutor do livro foi morto. Rushdie passou pouco menos de uma década sob proteção policial.

7. O Psicopata Americano, de Bret Easton Ellis
O Psicopata Americano é um livro sobre a atmosfera masculina no mundo dos negócios corporativos dos Estados Unidos. A obra causou uma enorme polêmica em 1991 devido ao seu conteúdo gráfico e assustador. O livro conta a história de Patrick Bateman. O personagem é meticuloso em sua descrição das coisas cotidianas, mas por outro lado, ele é selvagem, grotesco e feroz quando tortura, mutila, mata e até mesmo comer suas vítimas.

8. The Anarchist Cookbook (O Livro de Receitas Anarquista), de William Powell
Powell escreveu "The Anarchist Cookbook" aos 19 anos, quando ele estava na Guerra do Vietnã. Este livro é muito anti-governo, e inclui coisas como uma receita para bombas.

Fonte: Universia Brasil
Ler Mais

Mudando hábitos em 30 dias

Para destruir hábitos ruins, e começar bons novos hábitos, você precisa ter foco e disciplina.
Qual hábito você quer desenvolver?
Se você deseja ler mais, acordar mais cedo para aproveitar o dia, fazer exercícios físicos, ou então fazer qualquer outra coisa que deseja: tenha um horário fixo para realizar essa atividade que deseja começar. Pare de ficar evitando, adiando o que você quer fazer.
Veja os horários que você está livre para realizar o que deseja. Após encontrar esse tempo, comece e repita esse novo hábito todos os dias, naquele mesmo horário, sem falhar um dia (sábados e domingos também, viu?), durante os próximos 30 dias.
Evite perder tempo com coisas fúteis, para evitar dizer "não tenho tempo".
Quem realmente quer, encontra tempo.



Para destruir um hábito
Você precisa eliminar um hábito da sua vida?
Vou dar uma dica simples: substituição de hábitos.
Substitua um hábito ruim, por um bom. Exemplo: se você quer usar menos a internet (pois está destruindo o seu tempo útil) e deseja ler mais, ou fazer mais exercícios físicos, ou estudar para uma prova, ou qualquer outra atividade, é bem simples.
Faça o download deste despertador para PC que criei para pessoas como você (precisam de algo para avisar que está na hora de sair na internet).
Você fica 5 horas por dia na internet, deseja ficar 2 horas, e usar as outras 3 para fazer algo útil, basta programar o despertador para te avisar após 2 horas navegando.
Após programá-lo, respeite a si mesmo, e quando ele tocar te avisando sobre o fim do tempo na internet, SAIA e vá fazer a outra coisa que você deseja. Não pense duas vezes, saia imediatamente, desligue o PC.
O sistema de substituição funciona muito bem, mas como qualquer mudança pessoal, depende do respeito por si mesmo, e do seu amor próprio.
Seja forte, assuma o controle da sua vida, controle o seu tempo, e faça mais!

Download do Despertador Dalkai Portátil para PC com Windows XP/Vista/7




Bruno Dalkai
Ler Mais

11 dicas para aprender inglês

Há algum tempo, falar mais de um idioma é algo muito bom para sua trajetória profissional. Já faz tempo que o inglês é o idioma comercial mais falado em todo o mundo, e ter fluência no idioma, além de colocar você em uma posição superior no mercado de trabalho, também pode trazer oportunidades de realizações pessoais, como um intercâmbio e viagens em geral.
Se você deseja aprender a língua inglesa, mas está com dificuldades, confira as dicas que tenho para você:
01. Escute rádios:
Treinar seu ouvido escutando uma rádio em inglês ajuda a desenvolver a rapidez no entendimento e também a pronúncia correta das palavras. Você pode encontrar diversas rádios online com programas de seu interesse. Decida se você deseja inglês norte-americano ou inglês britânico e ouça a rádio por cerca de uma hora por dia.
Clique aqui para baixar um software com rádios norte-americanas que desenvolvi para você ouvir, e assim treinar seu ouvido.
É GRÁTIS, e portátil; ou seja, não precisa instalar, basta abrir o programa e clicar na rádio que deseja ouvir!
02. Leia revistas e notícias:
Se você gosta de revistas estrangeiras ou outro tipo de leitura, procure por elas em sites online ou em bancas de jornal especializadas e treine sua leitura e interpretação em inglês. Desenvolver esse hábito é essencial para que você aprenda e mantenha o idioma em dia.
Alguns sites de notícias, em inglês: The Washington PostThe New York TimesCNNFoxNewsBBCNewsweek, entre outros sites famosos. Dê um google e descubra mais.
03. Aprenda o alfabeto fonético:
Peça para seu professor de inglês ensinar para você o alfabeto fonético, ou símbolos de pronúncia. Dessa forma você saberá como falar uma palavra corretamente sem nunca tê-la escutado antes.
Google Translate: use o serviço de tradução do Google para ouvir a pronúncia de palavras que você acabou de aprender ou tem dúvida. Além, é claro, de poder traduzir com mais rapidez, quando estiver na internet. É muito útil.
04. Converse em inglês com seus amigos:
Se você tem um amigo que também está aprendendo inglês aproveite os momentos que passa com ele para treinar a conversação. Vocês podem conversar sobre os mais diversos assuntos, sem sentir medo de errar ou demorar a entender.
05. Faça amigos internacionais:
Há diversas comunidades online que disponibilizam espaço para que aprendizes de todo mundo possam trocar experiências e dicas online. Amigos que têm o inglês como idioma materno são a melhor fonte para que você tire suas dúvidas e aprenda vocabulários diferenciados, como gírias e expressões locais.
06. Assista a programas e filmes em inglês:
Da mesma forma que a rádio pode te ajudar, programas e filmes em inglês também. Você pode assistir aos filmes com legendas em inglês para acompanhar melhor o que é falado e conferir suas séries de televisão preferidas no idioma original, caso sejam norte-americanas ou inglesas.
07. Música:
Ouça as músicas de seu artista preferido com a letra original em mãos. Vá ouvindo e acompanhando a letra, se quiser cantar, cante! Isso ajuda você a treinar seu ouvido.
Um outro bom exercício  é você traduzir a letra sozinho. Não pegue uma tradução da net, busque traduzir você mesmo, e depois compare com uma ou duas traduções que existam na internet.
08. Redes sociais, e-mail, e outras contas virtuais:
Para aprender mais rápido qualquer idioma, é interessante você tentar ao máximo estar em um ambiente parecido com o que um nativo na língua está. Como no mundo real é complicado, isso pode ser possível no mundo virtual.
Configure sua rede social (facebook, twitter, google, pinterest, entre outros) para exibir todo o conteúdo em INGLÊS.
Faça o mesmo com e-mail, e todas as contas virtuais que possuir.
Isso, com certeza, vai te ajudar a se acostumar ao mundo do idioma que deseja aprender.
09. Pense em inglês:
Se você não pode falar o dia inteiro em inglês, pelo menos pense no idioma. Você pode anotar as dúvidas que teve durante o dia ao formar as frases em sua mente e conferi-las em seus livros quando chegar em casa.
10. Fale, em inglês, sozinho:
Não é loucura. Pense e escreva em inglês. Faça um texto contando como foi seu dia (o que aconteceu, o que você fez, onde foi, o que fizeram a você, e assim vai). Tenha um dicionário em mãos para poder tirar dúvidas sobre qualquer palavra. Escreva (de primeira) tudo em inglês e depois leia este texto em voz alta. Faça isso todos os dias, ajuda você a treinar seu vocabulário e aumentá-lo, já que você provavelmente terá dúvidas sobre algumas palavras, e vai buscar um dicionário para conhecê-las. Procure ganhar sotaque. Você não quer uma pronúncia Joel Santana, né? Então, imagine que você é um nativo.
Uma dica para ter o sotaque de um norte-americano? Eles puxam o "R". Pode prestar atenção. Ex: car (carro). Essa palavra é um exemplo de "R" arrastado.
 É óbvio que assim como em qualquer outro grande país do mundo, as formas de pronunciar uma mesma palavra são variadas. Treine.
11. Leve um dicionário sempre com você:
Vá para o trabalho, escola e outros lugares com um dicionário bilíngue na bolsa para conferir palavras novas ou coisas que esqueceu.
Espero que essas dicas te ajudem!



PS: em breve, trarei um aplicativo para você aprender ou melhorar seu inglês. Aguarde.

Bruno Dalkai
Ler Mais

A solução para a crise econômica mundial; ou não.


Minha proposta é simples.
Os governos de todo o mundo, compram uma parte de todas as empresas, com mais de 1.500 funcionários cada, originadas em seus países.
A porcentagem a ser comprada?
Irá variar de país para país, afinal, vai depender de quão atolada estaria esta nação; mas não poderia ser mais que 25% da empresa, e o controle desta, ainda seria privado.
O dinheiro (público) usado para nos (governo) tornar sócios desta empresa, seria obrigatoriamente, utilizado em investimentos para a manutenção da empresa (pagamento de dívidas, manutenção de empregos, investimentos, etc).
Fazendo parte destas empresas, o governo poderia zerar os impostos de importação e/ou exploração de matéria-prima para produzir os produtos fabricados por ela, impostos sobre a venda para o mercado externo, e interno.
Afinal, se nós seríamos sócios desta empresa (conseqüentemente lucraremos com ela), por que cobrar impostos de nós mesmos? O lucro seria muito maior que o imposto arrecadado.
As empresas seriam obrigadas a criar dois fundos de reserva: um para ela mesma, e outro para ser usado por ela e/ou por outras empresas do mesmo setor.
Podemos considerar como um “imposto da manutenção empresarial”.
Menos imposto, significa preço menor, ou seja, maior consumo.
Com essa possível solução, o Estado lucra, o povo lucra, e o empresário também!

Bruno Dalkai
Ler Mais

10 Frases de Empreendedores

Google Imagens
1. "Eu realmente acredito que uma das chaves para o sucesso é ler mais do que outros"
Tom Peters, empreendedor e escritor

2. "Você tem que encontrar sua especialidade e ser o melhor do planeta nela"
Tom Peters, empreendedor e escritor

3. "Teste rápido, falhe rápido e ajuste rápido"
Tom Peters, empreendedor e escritor

4. "Se você sempre fez algo da mesma maneira, provavelmente está errado"
Charles Kettering, empreendedor, inventor e engenheiro

5. "Eu estou convencido que a metade do que separa empreendedores de sucesso dos não-sucedidos é puramente perseverança"
Steve Jobs, Apple

6. "Preço é o que você paga. Valor é o que você recebe"
Warren Buffet, grande investidor

7. "Seu tempo é limitado, então não perca tempo vivendo a vida de outro. Tenha coragem de seguir seu coração e intuição. Eles, de alguma forma, já sabem o que você quer se tornar"
Steve Jobs, Apple

8. "Ser um empreendedor é executar os sonhos, mesmo que haja riscos. É enfrentar os problemas, mesmo não tendo forças. É caminhar por lugares desconhecidos, mesmo sem bússola. É tomar atitudes que ninguém tomou. É ter consciência de que quem vence sem obstáculos triunfa sem glória. É não esperar uma herança, mas construir uma história..."
Augusto Cury, médico, psiquiatra

9. "Não queira resolver todos os problemas no primeiro dia."
Fred Wilson, investidor

10. "Muitas vezes, as pessoas não sabem o que elas querem até você mostrar a elas"
Steve Jobs, Apple
Ler Mais

4 Tipos de Pessoa

Existem 4 tipos de pessoas.
01.
 As pessoas boas, aquelas que dão bons exemplos aos seus filhos, e a toda sociedade com seus belos gestos ou atitudes de respeito, honestidade, e amor a seu semelhante. Essas pessoas vão atrás de seus sonhos. São emocionalmente estáveis.
02. As pessoas covardes, fracas, conformadas. Aquelas que invejam, são incompetentes, não vão atrás de seus sonhos. Esse tipo de pessoa costuma amaldiçoar os outros através de pensamentos, e fica torcendo para que os outros não consigam realizar seus sonhos. São as mais hipócritas do mundo, e são as que mais falam "odeio gente falsa", ou similaridades. Culpam os outros pela sua desgraça, nunca são as culpadas pela sua própria ruína. Não aprenderam a suportar as consequências de seus atos. São sempre as vítimas deste mundo cruel e repulsivo. Precisam voltar ao "grupo 04". Elas são inofensivas. Se não buscarem o "grupo 04", elas sempre serão escravas de algo ou alguém.
03. As pessoas "Filhas da Puta". Você que é do "grupo 01" deve tomar cuidado. Se você for do "grupo 02", não se preocupe, afinal, o que uma pessoa estupidamente fraca pode fazer contra esse tipo de predador?
São muitos os adjetivos justos, porém negativos, dados a elas; então desprezemos esse tipo de gente. Esta foi a dica, fique atento, mas trate com indiferença, seja indiferente. Vale uma máxima: nem todo filho da puta é um psicopata, mas todo psicopata é um filho da puta. Acho que fui claro.
04. As pessoas em transição. São voláteis, e a maioria. Todos já foram, são, ou um dia serão do "grupo de TRANSIÇÃO".
Essas pessoas estão vivendo teoria e prática, experimentando, aprendendo, testando; e como o próprio nome já diz, elas estão se preparando para transitar, seguir para um dos outros 3 "grupos". Não existe idade para pertencer a este grupo, pode ser um velho ou um jovem.
Nada é absoluto, qualquer um pode estar no "grupo 02" e voltar ao "grupo de transição" para "recalcular" as coisas. O "grupo de transição" funciona como uma grande balança para o tal livre-arbítrio, ou livre direito de escolher.
Tudo é relativo. Nós não somos robôs. Uma pena. rsrsrs!

Bruno Dalkai
Ler Mais

Por que mentimos?

É natural do ser humano mentir. Seja uma grande ou pequena mentira.
De alguma maneira, ainda não totalmente explicada, desenvolvemos a capacidade de não dizer a verdade quando nos deparamos com uma situação adversa que, aparentemente, nos parece um motivo justo para mentir.
No geral, todos os motivos dão em um único caminho: INTERESSES. Ninguém vai mentir para prejudicar seus interesses, mas para beneficiar-se de algo ou alguém, sejam eles, interesses diretos (que possa beneficiar a si mesmo, como mentir para conseguir uma promoção, ou por medo, ou qualquer motivo que tenha relação direta com o mentiroso) ou indiretos (ajudar alguém ou uma causa, ainda assim, existe um interesse da pessoa que mente).
São muitos os motivos para mentirmos, selecionei alguns:
1.    Medo de punição
Talvez seja o mais comum. A criança, mesmo não sabendo mentir e sem conhecer os processos da mentira, mente para escapar da punição. Quando quebra um vazo, diz que não foi ela. O motivo é o mesmo quando o adolescente tira notas baixas, o político é pego com dinheiro nas cuecas etc.
2.    Ganhar prestígio
Cadetes da escola militar, após longos períodos confinados tinham licença para viajar. Na volta a Academia faziam “duas” coisas: abrir e fechar gavetas e mentir sobre as aventuras amorosas. Este tipo de mentira tem poucas consequências, todavia é muito comum em pessoas que ampliam seus currículos com títulos de mestrados, cursos no exterior, experiências de liderança que nunca tiveram na vida.
3.    Medo do castigo físico
Muitas crianças mentem com medo de apanhar dos pais, dos “amigos” na escolha etc. São João mentiu três vezes ao negar Cristo provavelmente por medo do castigo físico que certamente chegaria a morte.
4.    Evitar certos tipos de constrangimentos
Certa vez em um programa de televisão durante a entrevista com três atores de novela foi feita uma pergunta se os dois estavam tendo um caso; a outra atriz, mas experiente, de imediato tomou a palavra e mentiu para proteger o casal. Neste caso, além de evitar constrangimentos, tirou os dois de uma situação extremamente embaraçosa, pois eram casados.
5.    Ganhos materiais e pessoais
A lista é bastante extensa. O vendedor que exalta as qualidades do tênis de couro, quando na verdade sabe que ele possui apenas 5% do referido material. A empresa que vende o perfume que atraem qualquer tipo de homem ou mulher. A televisão que vai durar por toda uma vida. Nos ganhos pessoais, o galanteador mostra qualidades que não possui para conquistar a amada. O pretendente ao cargo que amplia suas qualificações pessoais.
6.    Preservar a privacidade
Muitos artistas não falam abertamente de sua vida amorosa, casamento etc. Isto visa preservar a intimidade e os contatos com os fãs. Alguns mesmos com relacionamentos estáveis omitem durante as entrevistas tendo em vista angariar mais fãs.
7.    Manipular informações
O chanceler alemão Otto von Bismark dizia: “Nunca se mente tanto como em véspera de eleições, durante a guerra e depois da caça.”
Muitos políticos dizem informações erradas, especialmente com estatísticas, sem a mínima noção da realidade.
8.    Apoiar ou beneficiar outra pessoa
A menina que solicita para a mãe da amiga que a deixe dormir em casa para estudarem juntas quando o verdadeiro objetivo é saírem para a balada.
9.    Prazer
Assim como muito atletas se arriscam pelo prazer da aventura, pelas altas taxas de adrenalina; existem mentirosos que mentem pelo simples prazer de mentir; o ganho é o prazer de ver a vítima enganada e de provar sua capacidade de mentir, sua superioridade em relação à pretensa vítima. Ekman chama isto de o ‘prazer de enganar” (deleite de enganar. “A mentira pode ser vista como uma realização que o faz sentir-se bem.” (Telling Lies)



Em suma...
Os motivos nem sempre são isolados, misturam-se.
As mentiras são facilmente propagadas, na maioria das vezes, não pela competência do mentiroso, mas pela incompetência da vítima.

Bruno Dalkai
Ler Mais